As coisas ao redor

Estava ontem na minha sala, lendo coisas, com a janela aberta, já que fazia um belo calor em sancarlos. Em algum momento percebi uma árvore muito bacana e fiquei ali olhando a dita cuja. Ela já estava ali há muito tempo e eu sequer tinha percebido (e, meu, ela é grande pra caramba).

Daí lembrei do Cassiel, meu filho de 6 anos, que alguns dias antes saiu correndo pela casa gritanto: “pai, mãe, olha só que pôr-do-sol maluco!!!” E gritou e nos arrastou para a sacada. Tinha sido um dia de muita chuva e vento, havia muita poeira no ar, e as nuvens estavam se dissipando. O pôr-do-sol tinha uma cor incrivelmente artificial, meio chapada e sem profundidade. Era mesmo incrível!

Pôr-do-sol do Cassiel

Que sorte ter pequenos emissários dos tesouros perdidos por aí!!

Anúncios

3 comentários em “As coisas ao redor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s