O voto nulo e o parque dos avestruzes

Depois de mais de um ano sem postar, senti uma vontade urgente de expressar uma opinião sobre o voto nulo de muitos colegas antropólogos, a partir de um pequeno post no facebook e da discussão que se seguiu. O meu ponto de vista é simples: não existe voto nulo no segundo turno, mesmo que você… Continuar lendo O voto nulo e o parque dos avestruzes

A longa noite de 17 de junho

Antes de começar, é bom destacar que não tenho nenhuma pretensão de entender agora o que aconteceu ontem. Não tenho e acho que poucos sabem exatamente o que significam os protestos. Já vi várias explicações e nenhuma delas me convenceu completamente, embora nenhuma estivesse completamente equivocada (com exceção das explicações na mídia, claro). Um protesto… Continuar lendo A longa noite de 17 de junho

Sejamos francos

“Sejamos francos; a expropriação de terras indígenas no Brasil prendia-se a interesses, ou, melhor dizer, a presumidos interesses dos nossos agricultores; e num país em que a agricultura tem tamanha força, era natural que a opinião pública se manifestasse em favor da expropriação de terras indígenas… O que há pois para admirar em que os nossos… Continuar lendo Sejamos francos

Fenótipos e fantasmas

Dei de cara com essa reportagem, que todos deveriam ler com cuidado, pois é incrível: descendentes de escravos negros dos índios cherokee (não, não é nome de carro) lutam para serem reconhecidos como cherokee. Lutam contra os próprios cherokee, diga-se (mas também com apoio de cherokee). A história é pra ser lida e nos leva… Continuar lendo Fenótipos e fantasmas

Débito na antropologia

Nos dois posts anteriores, falei da crise econômica e seus efeitos na antropologia americana. Basicamente um grande e renovado interesse em estudar o capital e suas diversas modalidades. Faltou falar agora do débito. Também já falei de como os estudantes americanos estão mergulhados em dívidas, mas isso não acontece apenas na America: veja essa notícia sobre… Continuar lendo Débito na antropologia

Occupy antropologia II

Outro lado da crise econômica na academia americana é a questão dos débitos estudantis. Você sabe, as universidades americanas custam muito caro. O cara faz um empréstimo para pagar depois, quando estiver trabalhando. Mas o mercado de trabalho agora está mega-precarizado. Resultado? Uma “armadilha do débito”. Ou seja, o cara estuda, fica com uma pusta… Continuar lendo Occupy antropologia II

Occupy Antropologia

Depois de muito tempo volto a escrever (estive fazendo uns livros, coordeno um programa de pós, está meio puxado). Volto por conta de um assunto que tem me despertando a atenção e pode ser do interesse de alguém, principalmente antropólogos. O assunto é a crise econômica e seus impactos na antropologia americana. É um olhar… Continuar lendo Occupy Antropologia